Galaxy S5 é um smartphone que tem bastantes novidades em termos do software que incorpora. A intenção da Samsung neste equipamento foi de pré-instalar algumas aplicações que supõe que o utilizador vai necessitar. Com o novos serviço Samsung Gifts, a marca Sul Coreana oferece um pack de aplicações de terceiros que em muitos dos casos, seriam pagas. Essas aplicações no entanto, têm o seu peso no software instalado, e como resultado temos uma ROM que ocupa 8GB, que é bastante para um dispositivo que na sua versão mais vendida, tem apenas 16GB. Metade do espaço total.

Parece que o final do Bloatware não vai acontecer, pelo menos neste Samsung Galaxy S5. A quantidade mínima necessária para fazer funcionar o sistema do S5 são 5.28GB e os restantes “Gygas” são os tais arquivos adicionais. Se compararmos com o Nexus 5, não ficam quaisquer dúvidas. O TouchWiz é um pacote que ocupa 3.6GB e o Nexus 5 tem disponível 12.1GB, que acaba por ser bem mais que os 8GB disponíveis do Galaxy S5. A vantagem que o Galaxy tem, é ter a possibilidade de colocar um cartão microSD.

E vocês, o que acham de um equipamento topo de gama ter apenas 8GB livres no seu armazenamento interno?

 

About The Author

Nuno Agonia
Desenvolvedor
Google+

A culpa disto tudo foi o momento em usei uns euros para adquirir o meu primeiro smartphone. Deste então tive a necessidade de compartilhar o conhecimento e as experiências vividas num equipamento tão pequeno, mas com tanto por descobrir...

Leave a Reply

Your email address will not be published.