Estes dias temos assistido a grandes novidades por parte da Google, no seu sistema operativo e todos falam do mesmo, o seu interface gráfico. Mas no que se refere a nível interno, quais foram as alterações? Agora temos de raíz um sistema com uma arquitectura 64-bits.

O único sistema operativo até aqui que já começou a dar os primeiros passos foi a Apple, com o seu equipamento iPhone 5S que o tornou ainda mais fluido. E como a Google nunca foi empresa de andar em segundo lugar, aproveitou com estas ultimas alterações, modificar de 32 para 64 -bits, o seu famoso Android.

Qual1

E os fabricantes? Vão acompanhar este rumo? Claro que sim, mesmo até marcas como a Qualcomm, MediaTek e a Intel, já criaram os seus primeiros processadores capazes de suportar o software com a arquitectura de 64-bits. Mas até aqui não tinham sistema operativo que acompanhasse essa mudança, que é o mesmo que dizer: não adiantava nada até aqui!

Temos que aguardar pela versão final do Android L para assistirmos a uma chegada de novos equipamentos já equipados com processadores 64-bits e com rendimentos muito melhores em termos de hardware.

About The Author

Nuno Agonia
Desenvolvedor
Google+

A culpa disto tudo foi o momento em usei uns euros para adquirir o meu primeiro smartphone. Deste então tive a necessidade de compartilhar o conhecimento e as experiências vividas num equipamento tão pequeno, mas com tanto por descobrir...

Leave a Reply

Your email address will not be published.